Medos de Criança, mas eu sou Adulto

Oie pessoal tudo bem?

Hoje eu vim trazer um post bem diferente, sempre falamos sobre beleza, moda, datas comemorativas, etc. Mas hoje resolvi falar de uma coisa que é bem engraçada/medrosa. Meus parentes sempre brincam comigo por causa delas; medos de criança que ainda persistem.

109

Quando somos pequenos temos medos de muitas coisas e acreditamos em muitas coisas também, seja o bicho papão ou o mostro dentro do armário. O mais estranho é que muitas vezes essas manias ou medos acabam ficando para a vida.

Hoje resolvi contar para vocês alguns desses meus medos.

  • Armário sempre fechado

Eu sou daquelas que nunca dorme com a porta do armário aberta, não que eu acredite que vai sair o Sulley de Monstros S.A lá de dentro, mas vai que acontece de aparecer alguma coisa? A porta do armário sempre deve estar fechada, já me peguei várias vezes deitada no quentinho da minha cama e levando só para fechar a porta de correr que estava aberta.

  • Ruídos no Quarto de Noite

Eu não costumo procurar o ruído, prefiro achar que é um rato ou o meu cachorro brincando no quinta. Porque tem gente que procura né?! E o primeiro lugar que vai olhar é embaixo da cama. Deus me livre, nunca em hipótese alguma eu vou olhar embaixo da cama para ver se tem algo, principalmente de noite.

  • Escuro

Sou naquelas que vai acendendo todas as luzes até chegar aonde eu quero. Um exemplo é; estou na sala vendo TV, eu não vou apagar a luz, a TV e ir andando para o quarto. Primeiro eu vou à cozinha acendo a luz, depois vou à sala e apago e assim sucessivamente até chegar ao meu quarto.

Acredito que esses são os mais gritantes na minha rotina de adulto que tem medo como criança. Para vocês entenderem que não é tão maluco assim um dia eu estava sozinha em casa e tranquei ela todinha para poder dormir e ainda fechei a porta do quarto. Eu sou dorminhoca por isso sempre acordo tarde, mas naquele dia minha porta abriu com tudo, eu simplesmente levante e sai gritante, quando fui ver o meu tio que mora na casa ao lado abriu a porta da minha casa e o meu primo de 4 anos queria me dar bom dia. Acho que foi um dos maiores sustos da minha vida.

E vocês também têm medos de quando você ainda era criança? Conta pra mim aqui nos comentários. Se vocês gostaram deste post não se esqueça de curtir e compartilhar com seus amigos para ajudar na divulgação.

Beijinhos e até a próxima :*

Instagram | Facebook

Anúncios

Dica de Filme: Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros

Oie pessoal tudo bem?

O post de hoje é uma dica muito bacana para aproveitar o cinema esse final de semana. Jurassic World estreio na semana passada e já possui números incríveis como a maior bilheteria da história superando Os Vingadores 2 que também teve sua estréia esse ano.

Depois de 20 anos o parque está aberto novamente e conta uma história incrível e emocionante.

JURASSIC-WORLD-11

Sinopse: O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana.

Minha opinião: Eu assisti semana passada, mesmo sabendo que estava tudo lotado. Sou daquelas que adora uma estreia.

Se tem um filme que eu quero ver, posso ir no cinema, eu vou mesmo, sem medo de ser feliz e ter que ficar com a última sessão do dia.

O filme já é emocionante desde o início, saem dois dinossauros de dentro de um ovinho como mostra no trailer. Eu me sentir voltando a muitos anos atrás quando assisti o primeiro filme. Eu fiquei aflita em várias partes e achei muitas outras bem interessantes, o trabalho de imagem efeitos sonoros deixam tudo muito emocionante que da vontade de sair gritando em várias cenas, seja pelo suspense, susto, aflição ou empolgação.

Captura de Tela 2015-06-19 às 00.38.41

Como conta na sinopse os irmãos Nick e Ty vão passar um final de semana com sua tia Claire que é uma doutora muito importante no park dos dinosauros. Eles buscam formas diferentes de se divertir já que possuem pulseiras vip’s e podem ir aonde quiserem dentro do parque.

A tia dos meninos Dr. Claire tem que desenvolver junto a sua equipe todos os anos uma nova atração a fim de aumentar o número de visitantes no park e isso implica em fazer alterações genéticas nos dinossauros para criar novas espécies. No começo ela se mostra uma pessoa muito razão e pouco coração, mas seu personagem se transforma durante filme.

Já Owen Grady um ex militar busca mostrar durante o filme que aqueles animais não são somente criaturas carnívoras sem coração, mas que eles podem ser amigos e respeitar os seres humanos se forem respeitados também.

Como comentei eu gostei muito do filme, achei empolgante e que vale muito a pena assistir, ainda mais por ser um filme com tanta história.

Bom pessoal e vocês já assistiram Jurassic World? O que acharam? Deixem seus comentários aqui embaixo e não se esqueçam se gostaram do post é só curtir aqui embaixo e compartilhem com seus amigos para ajudar na divulgação.

Beijinhos e até a próxima :*

Instagram | Facebook

Cinderela o Filme

Oie pessoal tudo bem?

No sábado fui assistir a grande estréia da semana Cinderela. Eu confesso que nunca gostei muito de Cinderela, ela nunca foi uma princesa que fizesse meus olhos brilharem, pela coragem, simpatia, canto, era só uma história comum na minha opinião, a Bela de a “Bela e a Fera” era muito mais corajosa e a Ariel de “A Pequena Sereia” era muito mais sonhadora. Não sei explicar, a história da famosa gata borralheira nunca foi minha favorita.

Mas então surgiu essa versão de filme para esse clássico da Disney e o trailer era simplesmente “OMG”, confira abaixo:

Então você fica esperando meses para a estréia , porque mesmo ela não sendo sua princesa favorita o trailer é tão lindo, tão lindo que você decide que quer ver assim que o filme sair nas telonas.

341774.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

E o que eu posso dizer é que simplesmente amei, é lindo de mais, eu nunca pensei que meus olhos brilhariam tanto, é tão maravilhoso, a atriz Lily James é a perfeição em forma de Cinderela, gentil, encantadora, sonhadora e corajosa. E o príncipe, nossa que olhos, que charme, realmente um príncipe encantado.

O que eu mais gostei foi que eles contam mais sobre a história da mãe dela e do pai, coisa que não acontece no desenho.

A madastra realmente tem aquela cara de má e as irmãs são extremamente atrapalhadas e não tem dom nenhum. Já a fada madrinha é um doce e muito diferente da original, ela é um diferente bom.

Os ratinhos e todos os animais são muito fofos, não são falantes como na animação, algo que já esperávamos, mas são ótimos também.

E algo que eu não poderia deixar de comentar é sobre a trilha sonora que nos enche de emoção a cada cena, já estou aqui procurando todas s músicas para baixar ❤

Acredito que as partes mais lindas sejam a mudança do vestido e a primeira dança do baile, é de tirar o fôlego.

Captura de Tela 2015-03-29 às 18.00.34

Por fim quero dizer que você deve sim ir ver este filme no cinema, porque o brilho dos olhos que você tinha quando era mais jovem se acenderam com a beleza desse filme, mostrando que gentileza e coragem podem fazer muita diferença na vida.

Já estou ansiosa para ter esse DVD na minha prateleira 🙂

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje e não se esqueçam, se gostaram é só curtir aqui embaixo e compartilhar com seus amigos para ajudar na divulgação.

Beijinhos e até a próxima :*

Instagram | Facebook

Insurgente: Livro x Filme

Oie pessoal tudo bem?

Este final de semana finalmente teve a grande estreia de Insurgente, um livro que eu li a dois anos atrás e que realmente me deixou ansiosa para saber o que o diretor promovia para os telões neste segundo filme.

Captura de Tela 2015-03-22 às 23.00.10

Da saga Divergente, Insurgente foi o livro que eu li mais rápido e o que eu mais gostei também, ele tem muita ação, é bem emocionalmente e é onde a Tris mais sofre com seus conflitos internos. O livro é realmente sensacional e vale a leitura, é bem no estilo de Jogos Vorazes em Chamas, o famoso olho do furacão de toda distopia.

Neste livro Tris, Four e seus amigos tem que decidir como proceder com os acontecimentos que ocorreram em Divergente e como deter Jeanine e suas ações mirabolantes.

Eu fui assistir no sábado e fiquei bem surpresa pela sessão não estar cheia já que se falava muito neste filme no último mês, mas existiam pessoas bem animadas e caracterizas também. O filme como um todo é muito bom, tem muita ação, as imagens são incríveis e com efeitos especiais de tirar o folego (assisti em 3D) os personagens cresceram muito desde o último longa e as interpretações estão ótimas, a falta de paciência da Tris é realmente nítida em cada ação de Shailene Woodley.

Mesmo o filme sendo muito bom em vários sentidos e tentando se manter fiel a uma história criada no primeiro filme eu ainda me decepcionei pela quantidade de mudanças que ocorreram da versão literária para a versão das telonas, é como se o contesto geral da história fosse igual, mas os meios para chegar até ele fossem diferentes.

Para quem não leu o livro, não será um problema conectar uma história na hora, mas para quem leu  o livro muitas coisas ficaram confusas, mas isso não tira a o mérito de ser um excelente filme.

E vocês já leram ou assistiram Insurgente? Conta pra mim aqui embaixo nos comentários e não se esqueça se gostou é só curtir e compartilhar com seus amigos.

Beijinhos e até a próxima :*

Instagram | Facebook

Cinquenta Tons de Cinza – Livro x Filme

Oie pessoal, tudo bem?

Hoje o post saiu atrasado porque eu cheguei muito tarde ontem. E pelo título vocês devem saber o filme que eu fui assisti, certo? Cinquenta tons de cinza teve uma estreia mundial dia 12/02/2015 e como eu não consegui segurar a ansiedade fui assistir depois do trabalho.

50-cinquenta-tons-de-cinza-download

O livro escrito por E.L James como muitos sabem foi publicado em 2012 pela editora Intrínseca e trouxe a tona um tema que deveria ser considerado normal pela a sociedade que é o sexo, mas ele foi abordado de maneira diferenciada e bem incomum para muitos, o que gerou polêmicas.

Anastasia Steele é estudante de literatura inglesa e consequentemente é muito romântica. É uma mulher bonita de olhos azuis e cabelos castanhos, mas não se vê como alguém atraente. Quando ela resolve ajudar sua amiga em uma entrevista para o jornal da faculdade e conhece Christian Grey tudo parece mudar. Ele é um homem intenso, bonito, elegante, atraente e muito controlador.

Como em todo romance os dois se sentem atraídos um pelo outros, mas como vivem em mundos diferentes tudo parece ser mais complicado, devido à intensidade de Christian, Ana se sente muito confusa durante grande parte do livro principalmente quando ele apresenta o seu estilo de vida.

A história é um romance muito divertido, que faz você rir, chorar e ficar chocada muitas vezes pela quantidade de detalhes envolvidos principalmente com relação ao sexo.

Eu gostei muito do livro, ganhei de aniversário de uma amiga e não vejo mau nenhum ler e se interessar por ele, é um tema que deveria ser comum e tem uma frase da autora que me vem na minha cabeça sempre quando penso nisso “casais se apaixonaram e fazem sexo é comum e não tem nada de mais”. E eu penso da mesma forma, o legal é ver a intensidade de como tudo acontece e como o amor envolve os dois em um relacionamento de consentimento, pois os dois realizam experiências diferentes juntos, desde os desejos de Ana de querer mais e dos desejos de Christian de se divertir no quarto de jogos.

Sem título

Bom depois desse resumo básico sobre o livro o que dizer do filme. Eu fui assistir com a minha mãe e uma amiga e sinceramente eu gostei muito da adaptação, a sessão estava lotada e não poderia ser melhor. Dakota Johnson me surpreendeu positivamente, quando ela foi escalada não esperava muita coisa, mas ela se mostrou a Ana em pessoa, todas as caras e bocas dela, foi incrível. Jamie Dornan como muitos falaram parecia meio travado, mas isso é o que o Christian demostra no primeiro livro, alguém em conflito interno do que sente e do que deseja.

Cenas muito esperadas como a do elevador no qual ele diz “dane-se a papelada” movimentaram as pessoas na sessão, mas em minha opinião a melhor cena é a final, a interpretação dos dois foi excelente eu vi a Ana com seus desafios e seus medos e percebi como os demônios de Christian o perturbavam, realmente foi a melhor cena do filme na minha opinião.

As cenas de sexo podem ter deixado a desejar para quem assiste os seriados da HBO pois foram bem tranquilas, nada comum como um comédia romântica mamão com açúcar, mas nada que tornasse as cenas constrangedoras.

Obviamente que o livro é melhor que o filme devido a riqueza de detalhes, mas o filme não deixou a desejar pois fui com expetativa zero, acreditando que eles não conseguiriam passar a intensidade nas telonas. Mas foi muito divertido, portanto se você esta na dúvida, pode conferir sem medo, porque você vai se surpreender, principalmente se você gosta de romance.

Espero muito que vocês tenham gostado do post de hoje, se vocês gostaram é só curtir aqui embaixo e compartilhar com seus amigos para ajudar na divulgação 🙂

Beijinhos e até a próxima :*

O filme mais visto no cinema brasileiro em 2014

Oiee pessoal, tudo bem?

Como vocês devem ter percebido eu sou apaixonada por filmes e estou virando uma grande amante de livros também, e nada melhor do que combinar esses dois temas em um único post 😉

DSCN6297

Lembro-me muito bem quando o livro “A Culpa é das Estrelas – Jonh Green” começou a fazer sucesso nas redes sociais, mas não era meu estilo. Eu sempre gostei de ação e romance, se estivessem juntos era melhor ainda. Então pensar em uma história de uma adolescente com câncer e que era narrado em primeira pessoal era complicado, pois na minha mente não tinha romance.

Mas acabei que não resisti a tantos comentários sobre o livro que fui lá e comprei, não digo que o devorei, mas uma semana lendo no metrô e na hora do almoço foram suficientes já que ele é curtinho.

DSCN6305

Foi então que eu percebi que não era só sobre o câncer, era sobre como as pessoas se sentiam sobre o câncer e como tudo aquilo era diferente da realidade da maioria de nós.

Hazel é uma garota incrível, inteligente e muito crítica ao mundo e as pessoas, na verdade ela é muito prática. Ver o primeiro amor se formar ali naquele realidade diferente da minha era contagiante, pois você acaba torcendo para que tudo de certo no fim. E o Gus se mostrava a alegria em forma de gente e o primeiro amor mais intenso que se pode ter, ele é um personagem que nós desarma por completo devido sua intensidade.

Vocês devem estar pensando que eu chorei litros enquanto li o livro né? Pior que não, foi um choro meio contido uma emoção que machucava, mas não muito.

Tanto que quando saiu o filme eu fiz questão de ver no cinema, porque eu chorava no trailer mais do chorei o livro todo, como pode isso?

DSCN6311

Acredito que o diretor conseguiu passar toda a essência daquela história, todo o amor e toda a dor que se pode sentir. Eu estava no cinema e só escutava as pessoas fungando de tanto chorar, foi aquele tipo de filme que todos saíram de olhos inchados.

O melhor de tudo é que no final de janeiro saiu uma reportagem no Adoro Cinema informando que este filme teve o maior público do ano de 2014 aqui no Brasil, cerca de 6.202 milhões de expectadores.

Amei tanto a reprodução que pedi o DVD de aniversário e acabei ganhando do meu tio ❤

E mais uma vez contente fui assistir na TV da sala pensando com os meus botões “você já leu o livro e já viu o filme então não vai chorar” #sqn, como pode uma pessoa ver o filme várias e várias vezes e continuar chorando como um bebê?

DSCN6317

Só posso dizer que eu sou apaixonada por essa história e que vale muito a pena ler o livro e ver o filme.

Vocês podem encontrar o livro e o DVD nos links abaixo:

Livro – PontoFrioLivro – AmazonDVD – Livraria CulturaDVD – PontoFrio

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, se vocês gostaram deste tipo de comparativo “Livro x Filme” me contém aqui nos comentários. E não se esqueça de compartilhar com seus amigos para ajudar na divulgação.

Beijinhos e até a próxima :*